Avery Dennison vai construir fábrica de etiquetas inteligentes em São Paulo

Avery Dennison

A multinacional americana Avery Dennison está construindo uma planta especializada na produção de etiquetas inteligentes, com tecnologia de RFID (sigla em inglês Radio-Frequency Identification) em Vinhedo (SP).

Será a quinta planta da empresa no mundo capaz de produzir material com essa tecnologia, além de Estados Unidos, México, Europa e China. A fábrica atenderá a clientes da a América Latina e tem previsão de inauguração em 2021. O espaço ficará ao lado da fábrica que a Avery já possui em Vinhedo, e onde produz materiais para etiquetas, rótulos autoadesivos e outros tipos de adesivos para indústria.

A tecnologia de radiofrequência em embalagens ainda está começando a se desenvolver no mundo e cresce na casa dos 20% ao ano, afirmou Ronaldo Mello, vice-presidente da Avery Dennison para América Latina, em entrevista à Exame. O RFID responde por uma fração de cerca de 500 milhões de dólares no faturamento anual de pouco mais de 7 bilhões de dólares da multinacional.

A empresa não revela números específicos sobre o Brasil, mas diz que a decisão por abrir uma fábrica no país vem do potencial de crescimento do mercado de radiofrequência na região. Como a tecnologia é relativamente nova e a base de adeptos no Brasil ainda é pequena, Mello projeta que o crescimento por aqui ficará acima da média mundial de 20%. Até então, a Avery já vendia a tecnologia de radiofrequência na América Latina, sobretudo para clientes do varejo de moda, mas importava os produtos de suas fábricas no exterior. “Temos uma visão de uma indústria que será cada vez mais conectada, e nosso objetivo é oferecer os produtos para tal”, diz Mello.

A tecnologia de radiofrequência consiste em um pequeno chip e uma espécie de antena com capacidade de enviar sinais, implementados nas etiquetas. Tudo isso em uma superfície extremamente pequena. O processo confere aos produtos uma espécie de “RG digital”.

Fonte: Exame

Comentários


menu
menu