Expedição de papelão ondulado tem leve alta em setembro

A expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado foi de 303.191 toneladas em setembro deste ano, segundo o Boletim Estatístico Mensal da ABPO – Associação Brasileira de Papelão Ondulado. O volume total registrou alta de 1,9% em relação a setembro de 2018, com o mesmo número de dias úteis em relação ao ano anterior (24 dias úteis em setembro de 2019 e 2018).

Em relação a agosto de 2019, houve queda de 5,25% em volume. Considerando os dados dessazonalizados, a expedição de papelão ondulado aumentou em 1,5% em setembro, para 304.289 toneladas, comparado a agosto. Trata-se do maior resultado desde agosto de 2018 (308.052).

No terceiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, a expedição recuou 0,2%.

Revisão dos Dados Mensais referentes a 2018 e 2019

Os dados mensais referentes ao período entre janeiro de 2018 e setembro de 2019 foram recalculados usando os resultados da pesquisa anual. Em nota, a ABPO afirma que, ao trabalhar com uma amostra ampliada em relação ao levantamento mensal, a pesquisa anual apresenta, de forma agregada para os doze meses de 2018, dados estatisticamente mais representativos do setor.

A fim de assegurar a compatibilidade entre séries anuais e mensais, faz-se, ao término da pesquisa anual, a distribuição dos dados apurados neste levantamento segundo parcelas proporcionais aos valores mensais divulgados no Boletim Estatístico do ano anterior. Desse modo, a soma dos valores mensais ajustados passa a coincidir com os resultados anuais.

O ajuste, que se repete a cada ano, é parte integrante da metodologia usada pela ABPO em sua atividade estatística, sendo divulgado ao fim do primeiro semestre do ano seguinte ao de referência, logo após a publicação do Anuário Estatístico.

Comentários


menu
menu