Plásticos e a economia circular

Cores, transparência, desempenho e sustentabilidade

Por Herrin Hood*

(*) Gerente global de Aditivos para Plásticos da Milliken Chemical

(*) Gerente global de Aditivos para Plásticos da Milliken Chemical

A K 2019, feira mais importante da indústria de plásticos e borracha, está se aproximando. Ela será realizada em outubro, entre os dias 16 e 23, na cidade de Düsseldorf, na Alemanha. E uma das tendências já observada nos últimos anos deve voltar com força nesta edição: a economia circular.

A economia circular é um conceito intrinsecamente vinculado ao desenvolvimento sustentável e que se opõe à ideia de economia linear. Em vez de assumir que um produto, ao extinguir sua vida útil, perde toda sua utilidade, preconiza que ele – ou seus elementos – pode ser reaproveitado pela mesma indústria que o concebeu. Ou mesmo por outras.

É, enfim, um ideal fundamental para dissociar o crescimento econômico do aumento do consumo de recursos. No caso específico da K 2019, e da indústria que ela abrange, se discutirá como aumentar o uso de plástico reciclado, estimular a reutilização de produtos pós-consumo e limitar os resíduos gerados. O tema também abordará diminuição do uso de energia e a redução das emissões de gases de efeito estufa.

A redução de resíduos e a reciclagem de plásticos são megatendências necessárias que afetam atualmente o setor de produtos de consumo. Trabalhamos para limitar o uso excessivo de plásticos, fomentar a reciclagem de polipropileno e avançar para uma economia circular.

Além de trabalhar constantemente para promover a sustentabilidade de todo o seu portfólio de produtos, temos ajudado os clientes e parceiros na diminuição da pegada de carbono, bem como da dependência de plásticos de uso único, mediante opções mais duráveis e recicláveis.

Um exemplo é a parceria com a PureCycle Technologies, sediada em Chicago, para incentivar a reciclagem em circuito fechado de resina de polipropileno (PP). Utilizando tecnologia desenvolvida e licenciada pela Procter & Gamble, a PureCycle planeja abrir em Ohio, em 2021, sua primeira fábrica alicerçada em um método de reciclagem patenteado. Isso permitirá que o material reciclado se torne verdadeiramente circular, e seja reutilizado em sua aplicação original, em vez do emprego em produtos de menor valor.

Temos prioridades claras para ajudar a criar uma economia circular para os plásticos. Melhorar a reciclabilidade dos plásticos, substituindo plásticos descartáveis por plásticos duráveis e reutilizáveis, e aumentando o uso de biopolímeros a partir do desenvolvimento de produtos que elevem o desempenho e as propriedades estéticas, criando uma indústria de plásticos cada vez mais sustentável”.

Milliken na Feira K 2019

A empresa aproveitará a K  2019 para mostrar as muitas abordagens possíveis para minimizar ou mesmo eliminar os problemas ambientais que a indústria enfrenta. Isso abrange desde produtos a processos e parcerias.

A seguir, veja alguns destaques que poderão ser vistos no estande:

  • O clarificante Millad NX 8000 é líder mundial em sua área e presente em quase 80% do PP clarificado do mundo. Ele não apenas transforma o polipropileno em uma alternativa leve e cristalina ao vidro, como também promove a economia de energia, ao permitir que os convertedores processem a uma temperatura mais baixa e em ciclos mais rápidos.
  • Toda resina de PP clarificada com Millad NX 8000 ajuda a reduzir as emissões de gases de efeito de estufa. Os proprietários de marcas (brand owners) que a utilizam podem exibir uma etiqueta de Validação de Reivindicação Ambiental (ECV) da UL (Underwriters Laboratories) em suas embalagens moldadas por injeção, atestando sua dedicação para a preservação do meio ambiente.
  • Os modificadores de desempenho DeltaMax™ para PP, por sua vez, se inserem em uma economia circular ao aumentar a resistência às propriedades de fluxo de resinas de rPP, blendas e copolímeros de polipropileno de impacto (ICPs). A tecnologia é altamente eficaz na modificação de resinas recicladas pós-consumo e pós-industriais. Na K 2019, a Milliken planeja apresentar novos componentes desta família.
  • Diversos aditivos da empresa servem para melhorar o desempenho dos polímeros que eles modificam. Entre eles estão os agentes de nucleação Hyperform® HPN™ para PP e polietileno. Fácil de usar e confiável, o Hyperform HPN melhora o desempenho do polipropileno reciclado (rPP) e permite a produção de peças mais robustas e leves.

Comentários


menu
menu