Com latas que se encaixam, Corona elimina o uso de multipacks

A cervejaria mexicana Corona anunciou o lançamento de um projeto piloto de eliminação do plástico para embalagens six-pack para latas. O projeto faz parte do compromisso da marca com a Parley for the Oceans de se tornar líder no setor de cervejas na utilização de embalagens amigas do meio ambiente.

Embora a embalagem principal da Corona seja a garrafa de vidro, a marca viu uma oportunidade de ajudar a redesenhar uma fonte frequente de plástico na categoria: as embalagens multipacks e os anéis agrupadores para latas.

A cervejaria criou, junto com a agência Leo Burnett da Cidade do México, um sistema em que as latas se encaixam umas nas outras, eliminando o uso dos anéis. Batizada de “Fit Pack”, a solução agrupa até 10 latas, usando apenas a estrutura da embalagem, sem a necessidade de qualquer material adicional. “O sistema de montagem se conecta na parte inferior e superior de cada lata, então várias delas podem ser rosqueadas umas nas outras e criar pilhas. É uma inovação que pode ser dimensionada em nível global, resolvendo o problema do plástico”, explica Federico Russi, CEO da Leo Burnett Cidade do México.

Por enquanto, as embalagens não estão sendo produzidas comercialmente. Foi feito apenas um lote especial para a ação. A embalagem foi selecionada para a final do Cannes Innovation Lions 2019 na categoria marketing.

Paralelamente à ação com as latas encaixáveis, a Corona avalia novos anéis, em que o plástico é substituído por fibras biodegradáveis de base vegetal combinadas com um agregado de subprodutos e materiais compostáveis (foto abaixo).

Ação semelhante está sendo adotada por várias cervejarias no mundo, como a espanhola Etrella Damm e a dinamarquesa Carlsberg.

corona

corona2

Comentários


menu
menu