EFI anuncia acordo definitivo para ser adquirida pelo Siris Capital Group

A Electronics For Imaging (EFI) anunciou que entrou em um acordo definitivo para ser adquirida por uma afiliada do Siris Capital Group, em uma transação em dinheiro avaliada em aproximadamente US$ 1,7 bilhão. A Siris é uma empresa líder de capital privado focada em investir e promover a criação de valor em empresas de tecnologia que fornecem soluções decisivas e estão enfrentando transições de tecnologia.

Sob os termos do Contrato, que foi aprovado por unanimidade pelo Conselho de Administração da EFI, uma afiliada da Siris adquirirá todas as ações ordinárias pendentes da EFI por US$ 37,00 por ação em dinheiro. O preço de compra representa um prêmio de aproximadamente 45% sobre o preço médio ponderado por volume de 90 dias da EFI, encerrado em 12 de abril de 2019.

A EFI poderá solicitar propostas alternativas de aquisição de terceiros durante um período “go-shop” nos próximos 45 dias.  A EFI terá o direito de rescindir o contrato para aceitar uma proposta superior.  Não há garantia de que esse processo resultará em uma proposta superior, e o acordo concede à Siris o direito de tentar equivaler uma proposta superior.  A EFI não pretende divulgar os desenvolvimentos em relação ao processo de solicitação até que determine que a divulgação seja apropriada ou necessária.

“Acreditamos que esta transação oferecerá um valor superior e imediato aos nossos acionistas, ao mesmo tempo em que nos fornece um parceiro que pode adicionar expertise estratégica e operacional aos nossos negócios”, disse Bill Muir, CEO da EFI.

O Conselho de administração da EFI recomendou por unanimidade que os seus acionistas adotem o acordo com a Siris. Em relação ao período “go-shop”, uma reunião especial dos acionistas da EFI será realizada assim que possível após o registro da declaração de procuração definitiva junto à SEC (Securities and Exchange Commission, Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos) e o posterior envio aos acionistas.

Sujeita ao período “go-shop”, a transação proposta deve ser concluída até o terceiro trimestre de 2019 e depende da aprovação dos acionistas da EFI, junto com o cumprimento das condições habituais de fechamento, incluindo aprovações regulatórias antitruste. A transação não está sujeita a condições de financiamento. Após a conclusão da aquisição, a EFI passará a ser de propriedade integral de uma afiliada da Siris.

A EFI espera que a receita do primeiro trimestre de 2019 fique entre US$ 220 e US$ 225 milhões.

Comentários


menu
menu