Canudinhos: solução em papel

Canudo

A crescente guerra contra os canudinhos de papel, e sua consequente proibição em diversas cidades do planeta, tem levado a indústria a apresentar soluções mais amigáveis ao meio ambiente. É o caso da Ahlstrom-Munksjö, que acaba de lançar uma nova solução à base de fibra para a produção de canudos de papel. A oferta CelluStraw consiste em grades de papel especiais desenvolvidos respectivamente para as camadas interna e externa de canudos de papel. O CelluStraw funciona particularmente bem em máquinas de conversão de alta velocidade. Sua alta resistência à umidade e resistência mecânica proporcionam uma boa integridade do produto, garantindo que as palhetas de papel permaneçam em excelente condição, uma vez convertidas, e resistirão em líquidos por tempo suficiente.

O CelluStraw é feito de fibras naturais de origem responsável, é renovável, biodegradável e seguro para contato com alimentos. É recomendado para usos finais de bebidas frias.

Segundo Brian Oost, VP Product Management e Marketing de Embalagens de Alimentos, Área de Negócios de Especialidades, os canudos de papel permitirão que as indústrias alimentícias, como cadeias de fast-food, estejam alinhadas ao compromisso de proteção ao meio ambiente, ao qual muitas empresas estão engajadas, enquanto continuam a oferecer uma experiência de consumo conveniente aos consumidores.

“Para o mercado de canudo de papel, operamos uma plataforma de tecnologia global com sites localizados na Europa e nos Estados Unidos, e essa colaboração é apenas mais um exemplo do potencial de sinergia de negócios que planejamos realizar”, afirma Robyn Buss, vice-presidente de vendas e marketing da North America Specialty Solutions.

A solução produzida pela Ahlstrom-Munksjö pode ser comercializada no Brasil, mesmo não sendo produzida localmente.

Comentários


menu
menu