Schott anuncia investimento de R$ 50 milhões na produção de tubos farmacêuticos

Fiolax

Como parte de sua estratégia de crescimento global, o grupo alemão Schott anuncou investimento de 50 milhões de reais em sua produção de tubos farmacêuticos no Rio de Janeiro nos próximos dois anos. O investimento cobre a atualização mais recente do proceso perfeXion – sistema de inspeção 100% on-line da própria Schott que examina os tubos individualmente –, bem como a implementação de tecnologia de produção de última geração em fornos de fundição de vidro. Esse investimento segue um projeto de modernização anterior, que já reuniu mais de 80 milhões de reais nos últimos cinco anos.

A Schott está aprimorando a abordagem de qualidade perfeXion em sua planta no Rio de Janeiro, que substitui a garantia de qualidade baseada em amostras estatísticas com 100% de medição on-line de cada tubo Fiolax. Vários dispositivos de inspeção e interação on-line, em combinação com coleta e análise de dados integrados, permitem que os parâmetros sejam adaptados ao formato do tipo de embalagem e às especificações exigidas pelo cliente.

“Em linha com nossa abordagem zero defeito, já estabelecemos uma nova era no processamento de qualidade para tubos farmacêuticos através do processo perfeXion. Agora, o investimento nos permite otimizar ainda mais o maquinário para continuar estabelecendo novos padrões na indústria de vidros farmacêuticos”, explica Joerg Wagner, diretor técnico da divisão Vitrofarma da Schott Brasil. O investimento também apresenta a implementação de uma tecnologia de produção altamente avançada em todos os fornos de fundição de vidros, que permite à empresa fabricar um produto de qualidade ainda maior e contribuir para o meio ambiente, reduzindo o consumo de combustíveis fósseis e a emissão de gases de efeito estufa.

“Com base nos tubos Fiolax, fabricamos uma ampla variedade de embalagens primárias para medicamentos parenterais em nossas instalações na Colômbia, Brasil e Argentina”, afirma Quineo Marques, diretor comercial da Schott Brasil Pharmaceutical Packaging para América do Sul. “No mercado sul-americano, percebemos uma alta demanda por frascos e ampolas. Assim, oferecemos uma abordagem integrada da cadeia de suprimentos, desde tubos até embalagens farmacêuticas”.

Comentários


menu
menu