Promax Bardahl troca plástico por papelão nas embalagens de transporte

Promax

A Promax Bardahl, fabricante de produtos para lubrificação de motores e aditivos, volta a empacotar seus produtos em caixas de papelão, fabricadas com madeira de reflorestamento, em substituição ao plástico. Com a medida, a empresa espera reduzir em 18,3 toneladas o consumo de plástico em 2019.

“A missão da Promax é oferecer produtos de qualidade, com responsabilidade ambiental, que preservem o patrimônio de nossos clientes, transformando-os em multiplicadores da nossa marca. Depois de dois anos usando packs de plástico voltamos a embalar em caixas de papelão, mesmo com custo mais alto, o que comprova nosso compromisso com o planeta”, afirma Ricardo Galvão, diretor presidente da empresa.

A Promax Bardahl retorna ao uso de embalagens de papelão após dois anos. A companhia havia adotado os packs de plástico, mas reavaliou sua posição quando a nova diretoria assumiu no final de 2018 e, no início desse ano, voltou a incluir as caixas para 12 e 24 unidades de lubrificantes e aditivos em sua linha de montagem. A medida está provocando economia de 1,53 tonelada de plástico por mês, além de facilitar o empilhamento e a estocagem dos produtos nas oficinas, postos e galpões dos clientes.

Comentários


menu
menu