Grandes Cases de Embalagem: doze anos para frente

Campanha do Prêmio Grandes Cases de Embalagem veiculada na revista EmbalagemMarca discute a embalagem em 2030 na visão de diferentes agências de design

Inscrições abertas até 15 de agosto.

Prestes a completar doze anos, o Prêmio Grandes Cases de Embalagem está consolidado como relevante reconhecimento ao que melhor se faz em termos de embalagem no Brasil. Com isso, considerando-se não apenas os projetos premiados, mas também o grande número de inscrições submetidas, formou-se um enorme acervo sobre o estado da arte em tecnologia de embalagem utilizada pela indústria nacional.

Para a campanha de comunicação da premiação em 2018, os organizadores escolheram olhar para o futuro, tentando entender como poderá ser a nossa indústria de embalagem em 2030 – ano escolhido por “espelhar” o período já percorrido desde a primeira edição do Prêmio, em 2007. E, para trazer essa visão para o presente, foram convidadas agências de design que têm histórico de participação nas edições anteriores do Prêmio.

“Designers olham para o contexto de forma criativa, mas não errática, com o pensamento dirigido para a solução de problemas”, diz Marcos Palhares, um dos responsáveis pela organização do Prêmio Grandes Cases de Embalagem. “Essa forma de abordar as questões é fundamental no processo de inovação, e era esse o espírito que queríamos trazer para a campanha deste ano.”

A peça que inaugura a série de anúncios de página dupla que serão veiculados sempre nas páginas centrais das revistas EM+ (versão impressa) e EmbalagemMarca (edição digital) foi desenvolvida pela Matriz (matrizdesenho.com.br), de São Paulo (veja abaixo).

 

Comentários


menu
menu