Clariant lança guia anual de previsão de cores para a indústria do plástico

clariantProduzido pela Clariant, o catálogo Color Forward 2019, que traz as principais tendências em cores para a indústria do plástico, chega à sua 13ª edição. “Embora a paleta para 2019 continue esmaecida e um pouco mais cinza, vemos nela um senso cada vez maior de determinação para encontrar formas de viver a vida de maneira feliz em um mundo cada vez mais técnico”, explica Judith van Vliet, designer do ColorWorks e líder da equipe ColorForward.

Atualizado anualmente, mirando sempre um período futuro, o material identifica quatro temas globais de tendência e os associa a cinco cores que podem evocar respostas emocionais relacionadas a essa mesma tendência. Para 2019, os quatro grandes blocos foram:

1) Do not disturb

Baseia-se na ideia de que a tecnologia faz as pessoas se distraírem com muita facilidade, em virtude da abundância de informações disponíveis. As pessoas buscam, cada vez mais, formas de se concentrarem em uma única tarefa. Sobrecarregados, os consumidores recebem bem a chamada “arquitetura antiescolha”, que intencionalmente restringe as opções de produtos para facilitar as decisões. A paleta de cores para essa tendência é simples: elas são serenas, suaves e minimalistas, com aspecto difuso que as deixa mais silenciosas.

2) CTRL+F

Esta tendência resume a aparente perda de controle (ou o desejo de maior controle) que sentimos em um mundo onde a computação em exaescala pode se tornar realidade; onde a ‘pós-verdade’ descreve uma época em que os fatos objetivos são menos influentes na formação da opinião pública do que apelos a emoções e crenças pessoais; onde as redes sociais – que inicialmente eram usadas para conectar as pessoas – são usadas para filtrar ativamente o que vemos. As cores aqui são ambíguas, enigmáticas e contrastantes: claras e escuras, sólidas e transparentes… Duas delas cinco incluem um efeito brilhante.

3) Made in Human

Essa tendência, resumidamente, indica que, num mundo cada vez mais técnico, ainda podemos ter um pouco de conforto e orgulho nas coisas que nos tornam especialmente humanos. Seres humanos são criativos e sociais, têm individualidade e intuição, além da capacidade de sonhar. Uma das paletas de cores é feita com impressão 3D, algo inédito no ColorForward, e tem coloração bege-lona com uma pincelada de roxo, que simboliza a criatividade humana nesse artefato feito por uma máquina.

4) Umswenko

Essa palavra de origem Zulu tem traduções que variam de região para região no continente africano. Trata-se de um estilo, uma atitude, uma forma de ser individual que apresenta a África de forma positiva. Atualmente, há 1,1 bilhão de ‘Afrillenials’ entrando no mercado de trabalho com inesgotável energia e otimismo. Estão surgindo versões africanas do Vale do Silício em diversos países, enquanto a Nollywood, centro da indústria do cinema que floresce na Nigéria, produz 2.600 filmes por ano. As cores escolhidas para representar essa tendência não são um estereótipo africano. São as paletas mais vivas do ColorForward 2019, mas estão de certa forma esmaecidas.

Comentários


menu
menu