Fim do checkout?

Amazon desenvolve supermercado sem caixas. Pagamento é feito automaticamente através de aplicativo em smartphones, sem necessidade de interferência do consumidor

Reportagem publicada na revista EmbalagemMarca 217

 

Com a recente compra da rede varejista Whole Foods, a Amazon pode colocar em prática um novo sistema de pagamentos que vem sendo testado desde o início deste ano na loja para funcionários que a empresa mantém em sua sede em Seattle (EUA).

Batizado de Amazon Go, o projeto apresenta um novo conceito para se fazer as compras do dia-a-dia: um estabelecimento sem caixas para pagamento. O sistema é inteligente o bastante para saber o que o consumidor pegou na gôndola e efetuar a cobrança no momento em que ele deixa a loja.

A ideia aparentemente é simples: o consumidor precisa baixar o aplicativo gratuito Amazon Go no smartphone, e quando chega no supermercado, precisa autenticar sua entrada por meio de um QR Code. A partir da autenticação, o consumidor pode pegar o que quiser nas prateleiras. O aplicativo Amazon Go adiciona automaticamente os itens ao carrinho virtual.

Se o consumidor desistir da compra de algum produto, basta recoloca-lo no lugar que o item é removido do carrinho virtual. Em nenhum momento é preciso mexer no smartphone.

Amazon 3Terminada a compra, o consumidor sai da loja sem fazer nada. Uma vez fora do estabelecimento, o Amazon Go finaliza a compra e efetua a cobrança diretamente na conta do usuário.

Segundo a empresa, para que o sistema funcione, as lojas Amazon Go contarão com câmeras e sensores de proximidade, além de outras formas de comunicação com seus dispositivos (NFC, RFID, Bluetooth) e tecnologias de deep learning ( aprendizado de máquina baseado em conjuntos de algoritmos) com recursos de reconhecimento facial. Quanto mais operações realizadas, mais preciso o sistema se torna, cometendo menos erros e se tornando mais eficiente.

Entretanto, ainda há alguns fatores limitantes. Num primeiro momento a tecnologia não deve ser utilizada em larga escala. Tanto é que os testes estão sendo realizados em uma loja de 160 metros quadrados. A Amazon pretende em 10 anos abrir 2000 lojas no mesmo formato. O objetivo é atender os apressados com compras de emergência.

Veja o vídeo demonstrativo criado pela Amazon.

 

Ideia não é nova

O conceito de supermercado sem caixa não é novo, pelo menos na teoria. Em 2006, a IBM apresentou um conceito parecido com desenvolvido pela Amazon. No comercial do “Supermercado do Futuro”, a IBM divulgava sua tecnologia de RFID.

Veja no vídeo

Comentários


menu
menu