Destaques do Connect 2016

Entre os dias 19 e 21 de janeiro, Marcos Palhares, diretor da revista EmbalagemMarca, acompanhou o Connect 2016, realizado em Las Vegas (EUA). Trata-se de uma conferência de grande porte dirigida a clientes e parceiros da EFI (Electronic For Imaging), empresa de tecnologia voltada para o mercado de impressão (inclusive — mas não apenas — de embalagens), dona de um amplo portfólio de produtos que inclui de sistemas de gerenciamento de informações a equipamentos de impressão.

O objetivo do evento é estimular o networking e compartilhamento de informações, além de apresentar tendências e novidades que podem influenciar o futuro da impressão. Única revista brasileira de embalagens presente no evento, EmbalagemMarca apresentará, em sua edição de fevereiro, as principais conclusões extraídas das apresentações — que incluíram palestras de Guy Gecht, CEO da EFI, e Steve Wynn, lendário dono de resorts e cassinos nos Estados Unidos. Neste espaço, antecipamos alguns desses tópicos:

Tecnologia e Mudanças – O grande avanço da tecnologia e o acesso cada vez mais fácil do consumidor final a ela estão acelerando a velocidade com que os mercados mudam. Para as empresas, mesmo as mais bem-sucedidas, não apostar em mudanças pode ser sinônimo de obsolescência.

Integração e Automação – Os complexos fluxos de trabalho na área de impressão e os prazos cada vez mais curtos para execução dos serviços exigem integração entre os diferentes fornecedores, com a crescente automação de processos. Erros e desperdícios podem ser virtualmente eliminados com a menor interferência humana no processo.

Personalização e Customização – A demanda por produtos customizados cresce dia a dia. Isso traz, além de maior complexidade para o processo, barreiras econômicas para a produção de lotes pequenos. O uso da tecnologia pode ser um aliado da indústria gráfica na transformação dessas tiragens fragmentadas em rentabilidade de longo prazo, criando valor para os brand owners.

Comentários


menu
menu