Brasil terá segunda fábrica de folhas de flandres

O Brasil terá a segunda fábrica de folhas de flandres, material metálico usado como matéria-prima para as latas de aço. Atualmente, apenas a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) produz as essas chapas no País. A indústria será instalada no Rio Grande do Sul, em município ainda não definido, mas provavelmente no sul do Estado, próximo ao Porto de Rio Grande.

As chapas de aço produzidas irão atender principalmente a produção de latas para a indústria alimentícia no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e de países do Mercosul, como Argentina e Uruguai.

A empresa, batizada de Nenzo Industrial S/A, é resultado de uma associação entre a empresa coreana Shin-Hwa Silup com os empresários Victor T. Hur, coreano naturalizado brasileiro e Darci Giovanella, brasileiro.

A fábrica terá investimentos de US$ 70 milhões a US$ 80 milhões, para uma produção de 150 mil toneladas ao ano, com tecnologia trazida da Coreia do Sul. A construção deve levar cerca de dois anos.

Segundo o governo gaúcho, o empreendimento deve gerar cerca de 100 empregos diretos e outros 100 indiretos.

De acordo com dados do governo gaúcho, o mercado brasileiro consome cerca de 700 mil toneladas ao ano de folhas flandres. No ano passado, foram importadas totalizaram 210 mil toneladas do produto.

Comentários


menu
menu