UPM Raflatac recebe certificações FSC e PEFC no México e no Brasil

A UPM Raflatac recebeu as certificações FSC (Forest Stewardship Council) e PEFC (Program for the Endorsement of Forest Certification) para diversas etiquetas produzidas em sua unidade no Rio de Janeiro, e nas operações de corte e distribuição na Cidade do México e em Guadalajara (México), e Jaguariúna (SP), Brasil.

As certificações garantem que a madeira usada para fabricar os autoadesivos de papel da UPM Raflatac são originários de florestas registradas legalmente e gerenciadas de modo sustentável.

“Obter essas certificações de Cadeia de Custódia FSC e PEFC, além de ser o primeiro fornecedor de etiquetas da região a oferecer produtos fabricados com papel certificado, é um marco muito significativo para nós”, afirma Jose Garcia, gerente geral e diretor de vendas da UPM Raflatac para o México, América Central e Caribe. “Sustentabilidade é uma das forças motrizes da UPM Raflatac como empresa, e nosso objetivo é desenvolver materiais para rótulos de maneira eficiente e sustentável e que beneficiarão toda a cadeira de valor”, ressalta Maurício Médici, gerente geral da UPM Raflatac Brasil. “Receber essas certificações florestais para nossas operações no Brasil é mais um passo em direção a esse processo. Nossos clientes têm a garantia de que nossos materiais são provenientes de fontes responsáveis. Eles podem se valer desse conhecimento para ajudar os usuários finais a demonstrar as credenciais de sustentabilidade aos clientes, o que os ajuda, por sua vez, a tomar decisões de compra mais responsáveis”.

A UPM oferece suporte e utiliza esquemas de certificação florestais confiáveis e desenvolveu um modelo de Cadeia de Custódia global para monitorar e reportar a proporção da fibra certificada em seus produtos. O sistema atente aos requisitos da FSC e da PEFC. As unidades da UPM Raflatac passam por auditorias anuais para verificar a conformidade com os requisitos da certificação.

Comentários


menu
menu