Suzano compra metade da Ibema

A paranaense Ibema, terceira maior fabricante de papel cartão do país, se associou à paulista Suzano Papel e Celulose, líder do mercado. Após a conclusão da operação, a Suzano terá 49,9% da Ibema. Os atuais sócios da Ibema ficarão com 51,1% do negócio.

A Suzano vai repassar à Ibema a fábrica de Embu (SP), que tem capacidade de produção de 50 mil toneladas de papel cartão por ano e é avaliada em 50 milhões de reais. A Ibema assumirá uma dívida de 50 milhões de reais, com vencimento em 2021. Por fim, a Suzano fará um aporte de 8 milhões de reais na Ibema.

Nei Senter Martins, presidente da Ibema, ressaltou a importância da negociação. “A Ibema sempre esteve aberta a associações com outras empresas. Com a Suzano houve mais aderência e sinergia, por isso as negociações foram concretizadas”, declara.

O diretor financeiro da Suzano, Marcelo Bacci, destacou que, dentre os players de médio porte existentes, a Ibema é a que proporciona maiores sinergias no momento. “Estamos contentes com a concretização deste acordo. A Ibema é uma empresa sólida com mais de 55 anos de mercado e este é mais um passo em busca pela competitividade e eficiência”, finaliza.

A gestão da Ibema seguirá de maneira independente. A transação ainda depende de autorização do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Comentários


menu
menu