Para abstêmios (ou não), embalagem vira coqueteleira

Não deixar abstêmios deslocados em festas, quando muita gente circula com drinques coloridos, geralmente em copos aparatosos. É esse o principal objetivo declarado da Mocktails, uma linha de bebidas sem álcool lançada nos Estados Unidos por meio de uma apresentação engenhosa: sua embalagem se transforma numa coqueteleira reutilizável.

“Quase metade dos adultos americanos não bebem álcool”, comenta Bill Gamelli, presidente da Mocktail Beverages, empresa inventora da novidade. “Queríamos oferecer a essas pessoas, e mesmo a quem bebe álcool ocasionalmente, mas quer se abster em determinada situação, a oportunidade de desfrutar uma festa ou ocasião especial sem se sentir diferente por não estar bebendo.”

mocktails_group2

mocktails-componentsA embalagem dos Mocktails consiste num copo de vidro, que é vedado por uma tampa de rosca feita de aço dourado. Uma vez removido o fechamento, é possível acoplar ao copo um topo de coqueteleira, que acompanha o produto. A peça é feita de polipropileno e apresenta, até, o bocal de saída típico das coqueteleiras do tipo Cobbler, com coador e tampinha. A venda é feita com o componente plástico encaixado sobre a tampa, sendo o conjunto totalmente envolvido por um rótulo termoencolhível.

A sugestão é que o consumidor abra a embalagem, acrescente gelo, monte a coqueteleira para misturar e resfriar o conteúdo e sirva a bebida no copo de seu gosto. Não obstante a proposta de opção aos abstêmios, quem quiser pode adicionar bebidas alcoólicas ao produto. Seria um toque a mais para deixar os Mocktails mais parecidos com os drinques que inspiram seus sabores (cosmopolitan, margarita, sangria e whisky sour), e mais de acordo com a ideia de simulação – mock significa “imitar”.

O texto contém informações publicadas originalmente em Packaging World.

Comentários


menu
menu