Drupa altera periodicidade e será realizada a cada três anos

A Drupa, principal feira do mundo para soluções de impressão e crossmedia, vai alterar seu ciclo para três anos depois de 2016, quando será realizada de 31 de maio a 10 de junho. Até agora, a Drupa acontecia de quatro em quatro anos. A decisão foi anunciada pela comissão da Drupa que se reuniu hoje (10/2) em Düsseldorf, na Alemanha. “Todo o processo de impressão mudou radicalmente por causa da internet e das tecnologias digitais. Novas aplicações e soluções são desenvolvidas rapidamente, abrindo novos campos de negócios”, explicou em nota Claus Bolza-Schünemann, chairman do Conselho Consultivo da Drupa e presidente do grupo Koenig & Bauer. “Ao mesmo tempo, há mais foco em tecnologias inovadoras, tais como impressão em 3D, impressão eletrônica e impressão funcional”, continuou o executivo.

A edição da Drupa que seria realizada em 2020 foi antecipada para 2019, e as feiras subsequentes acontecerão em 2022 e em 2025.

Segundo os organizadores, um dos efeitos positivos da mudança é que Drupa deixará de ser realizada no mesmo ano da Interpack, mais importante feira do mundo para a indústria de embalagens e intimamente relacionados com a indústria de processo. “Os expositores da Drupa que se especializam em impressão de embalagens teriam 2020 como um ano incrivelmente estressante, e essa mudança vai claramente beneficiá-los”, ressalta Werner Matthias Dornscheidt, presidente e CEO da Messe Düsseldorf, organizadora dos dois eventos.

Comentários


menu
menu