Conselho da Rexam aceita proposta de compra feita pela Ball

O conselho de administração da britânica Rexam aceitou a oferta de compra feita pela americana Ball. A transação é avaliada em 6,85 bilhões de dólares. Em comunicado divulgado nesta quinta-feira (19/2), as duas empresas afirmam que a oferta inclui pagamento em dinheiro e troca de ações. O valor inclui um prêmio de 40% sobre o preço das ações da Rexam no dia 4 de fevereiro, quando foi feita a oferta.

Segundo a nota, o conselho da Rexam considerou a proposta “justa e razoável”, e recomendou aos acionistas que aprovem o negócio, que será votado em assembleia geral.

A fusão das empresas resultará na maior fabricante mundial de embalagens de alumínio para bebidas, com receitas de 15 bilhões de dólares por ano e fábricas nos cinco continentes.

Além de ser aprovado pelos acionistas, o negócio precisa receber o aval dos órgãos reguladores da Europa e dos Estados Unidos. A expectativa é que a operação seja concluída no primeiro semestre de 2016.

A Rexam é a maior fabricante de latas da América do Sul, onde mantém oito fábricas em operação: uma no Chile, uma na Argentina e seis no Brasil. A Ball, por sua vez, atua no mercado brasileiro por meio da Latapack-Ball – joint venture com a Participações Industriais do Nordeste SA (PIN). O negócio é sustentado por quatro fábricas: uma em Jacareí (SP), uma em Três Rios (RJ), uma em Alagoinhas (BA) e uma exclusiva de tampas em Simões Filho (BA).

Comentários


menu
menu