Basf e Schuster criam papelão reciclado para embalagens de fast food

A Basf e a Feinpappenwerk Schuster estão trabalhando juntas em uma solução de uma barreira contra a migração de substâncias e gordura no papelão reciclado. O biopolímero Ecovio PS 1606 é aplicado no papelão reciclado em um processo de revestimento por extrusão. O procedimento permite que a proporção de fibras de papel reciclado na embalagem de fast food aumente e ao mesmo tempo faz com que o material se torne industrialmente compostável.

O Ecovio tem base biológica e é biodegradável de acordo com a norma técnica americana ASTM 6400 e a norma técnica europeia EN 13432. Segundo a Basf, o revestimento de polímero aplicado ao papelão é bem mais fino do que um fio de cabelo humano e fornece excelente proteção às embalagens contra a potencial migração de substâncias indesejadas, oferecendo simultaneamente impermeabilidade às gorduras e retenção de líquidos.

De acordo com Josef Braunshofer, diretor-geral da Berglandmilch, nos últimos anos mais consumidores estão buscando embalagens menores, em razão da redução do tamanho das famílias.

Comentários


menu
menu