PetroquímicaSuape inicia produção de resina PET

A PetroquímicaSuape (PQS) iniciou nesta semana a produção de resina PET. A unidade terá duas linhas de produção: a que entrou em operação, com 225 mil toneladas por ano, e a que está prevista para o primeiro semestre de 2015. Já com a primeira linha desse produto, o Complexo PQS fará com que o Brasil se torne autossuficiente e exportador da resina. Inicialmente, 20% da produção serão exportados para países da América do Sul, do Caribe e para os Estados Unidos.

O Complexo PQS, formado pela Companhia Petroquímica de Pernambuco (PetroquímicaSuape) e a Companhia Integrada Têxtil de Pernambuco (Citepe), faz parte do Sistema Petrobras (100%) e representam um importante polo de produção de poliéster da América do Sul, no Complexo Industrial Portuário de Suape, em Pernambuco.

Quando estiver em plena operação, em 2015, o Complexo PQS produzirá 450 mil toneladas por ano de resina PET. Essa resina é um polímero mundialmente popular, que se tornou o melhor e mais resistente plástico para fabricação de embalagens e garrafas para refrigerantes, águas, isotônicos, sucos, óleos comestíveis, medicamentos, cosméticos, produtos de higiene e limpeza, destilados e cervejas, entre outros itens.

Fonte: Diário de Pernambuco

Comentários


menu
menu