Código de barras completa 40 anos

O código de barras completou 40 anos nesta quinta-feira. Em 26 de junho de 1974, Sharon Buchanan foi a primeira caixa a digitalizar um código de barras em um supermercado Marsh, em Troy, Ohio (EUA) e Clyde Dawson, diretor de pesquisa e desenvolvimento da Marsh tornou-se a primeira pessoa a comprar um produto com o preço marcado na embalagem.

Esse item foi um pacote de 10 chicletes Juicy Fruit Wrigley. Custou 67 centavos e seu lugar na história foi preservado no Museu Nacional do Instituto Smithsonian de História Americana, em Washington, DC, onde está em exposição, aberta ao público.

Os códigos de barras são os mais conhecidos e universalmente reconhecidos do Sistema GS1. O sistema é baseado em padrões e soluções para melhorar a eficiência e a visibilidade das cadeias de suprimentos e demanda em todos os setores globais e foi projetado e implementado pela GS1. O monitoramento e soluções de rastreamento da GS1 permitem que as empresas em todo o mundo identifiquem itens comerciais (produtos e serviços), ativos, unidades logísticas, expedições, entre outros, como uma corporação ou uma relação de serviço entre prestador e destinatário.

Quando esse sistema de identificação é combinado com o código de barras GS1 e outras soluções no Sistema GS1, as empresas, incluindo as que competem entre si, são capazes de fazer uma conexão entre coisas físicas ou lógicas e as necessidades de informação da cadeia de abastecimento.

Comentários


menu
menu