Carvão Cacique terá embalagem plástica

A Braskem desenvolveu, em parceria com a Acetech e a Carvão Cacique, uma embalagem plástica que melhora o aspecto visual e traz diversas vantagens à acomodação do carvão, tornando-o mais adequado ao manuseio. A previsão é que a novidade esteja disponível no mercado do estado de São Paulo em fevereiro.

“Consideramos esse um mercado com grande potencial, pois faz parte da cultura brasileira utilizar carvão em eventos de lazer, como churrascos. Percebemos, portanto, que poderíamos melhorar o próprio consumo do produto, elaborando, em parceria com outras empresas, uma embalagem mais prática e higiênica. Além disso, existe a questão aparência das embalagens, que podem receber impressões de qualidade”, afirma Albertoni Bloisi Neto, da área desenvolvimento de mercado da Braskem.

Os novos produtos contêm dicas de como fazer churrasco, acender o carvão e a melhor forma de utilizar o material. A embalagem também é competitiva porque mantém a média de preço do mercado e oferece uma qualidade maior, já que foi elaborada com mistura de resinas para garantir maior resistência, evitando rasgos e sujeira.

“Nossa expectativa é das mais promissoras, iniciando a distribuição pelo estado de São Paulo e, gradativamente, atingindo o restante do território nacional. Fizemos algumas experiências de maneira informal, em formato de testes, e tivemos receptividade imediata dos consumidores”, afirma João Roberto da Silva, diretor da Acetech. “Temos uma grande expectativa quanto à parceria com a Braskem, que nos ofertou uma grande inovação no mercado de embalagens. Esperamos que esse projeto seja revolucionário tanto para seus idealizadores como para o consumidor final”, afirma o proprietário da Carvão Cacique, Claudio Ramalho.

Comentários


menu
menu