SIG lança cartonada com formato de garrafa

A SIG Combibloc está lançando no Brasil uma embalagem cartonada com formato de garrafa quadrada, denominada combidome. O corpo do recipiente é formado por papel cartão, e uma tampa plástica de rosca, a domeTwist, com diâmetro de 28 milímetros, é aplicada no topo, descreve Luciana Galvão, gerente de marketing da empresa para a América do Sul. Dentro da máquina de enchimento, os dois componentes são montados, a embalagem é envasada assepticamente e selada. O equipamento, que segundo a executiva “permite a troca de volumes e das artes de forma rápida e fácil”, pode envasar até 12 000 embalagens combidome por hora. Essa primeira versão da combidome é indicada para bebidas não carbonatadas. Sua estrutura é composta por cartão – cerca de 75% – e polímeros. Enquanto o cartão garante estabilidade para a embalagem, as camadas interna e externa de polímeros garantem barreira para o líquido. Há ainda uma fina camada de alumínio que protege o conteúdo da luz, do oxigênio e de odores externos. As primeiras embalagens combidome estão disponíveis no mercado holandês, em sucos de frutas prontos para beber da marca PureFruit.

CENTRO DE TREINAMENTO – Dia 24 último, a SIG Combibloc inaugurou um Centro de Treinamento no Brasil, instalado dentro de sua fábrica de Campo Largo (PR). O investimento total foi de R$ 10 milhões, e a nova estrutura ocupa uma área de 850 metros quadrados. Responsável por atender clientes da empresa de toda a América do Sul, o novo espaço vai oferecer, por ano, mais de 3.500 horas de treinamento, para mais de 240 participantes. Os treinamentos serão oferecidos em três níveis – Básico, Avançado e Perito – e abrangerão: qualificação dos operadores de máquinas, dos técnicos mecânicos, elétricos e eletromecânicos, tanto para máquinas de envase como para aplicadores de tampas; análises de falhas sistêmicas; tecnologia PLC (Controle Lógico Programável); sistema de ultrassom; princípios básicos de assepsia; e testes de embalagem. Haverá ainda um módulo de informações de gestão.

Segundo Antonieta Hilst, diretora de Serviços Técnicos da SIG Combibloc na América do Sul, o novo Centro de Treinamento tem como objetivo principal dar autonomia aos clientes na operação e manutenção das máquinas, bem como nos serviços envolvidos durante o processo de produção.

 

Comentários


menu
menu