ONG vai recolher tampinhas de garrafas em praias do Rio de Janeiro

Os quiosques das praias de Copacabana, Ipanema e Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro, vão ganhar 30 postos de coleta de tampinhas de garrafas de vidro. O projeto da organização não governamental (ONG) Onda Carioca tem o objetivo de recolher as tampas de metal do ambiente e conscientizar a população para a sua reciclagem.

O projeto será lançado no próximo sábado (26/1) e terá apoio da concessionária Orla Rio, que administra os quiosques. O fundador da ONG, Júlio César Gomes, explica que “a tampinha de metal é a única que não tem reciclagem, em comparação com as de plástico, entre outras. Então resolvi criar as ecotampas, que as transforma em broches e ímãs personalizados”. Cada quiosque receberá um coletor de tampinha especialmente desenvolvido pela Fibra Design. Serão 5 modelos diferentes de coletores com imagens de cartões postais da cidade feitos com a fibra do coco reciclado das praias cariocas.

A ONG colocará um triciclo circulando pela orla marítima fazendo a manutenção dos coletores e retirando o resíduo da tampinha descartado nos coletores. Depois de pesados, esses resíduos seguem para a Favela do Canal das Tachas, Recreio dos Bandeirantes, base de atuação da Onda Carioca, para serem transformados nas Ecotampas, que retornam para os quiosques e barracas a fim de serem comercializadas.

O projeto piloto vai até o dia 26 de abril. A meta da Onda Carioca é reciclar 50 mil tampinhas e expandir o projeto para toda as praias.

 

Comentários


menu
menu