Fusão entre Huntsman e Clariant cria empresa com valor de 20 bilhões de dólares

Hariolf Kottmann (CEO da Clariant) e Peter Huntsman (CEO da Hunstman)

Hariolf Kottmann (CEO da Clariant) e Peter Huntsman (CEO da Hunstman)

A suíça Clariant, uma das maiores fabricantes mundiais de especialidades químicas, e a americana Huntsman anunciaram no final de maio que vão combinar suas operações, em uma “fusão entre iguais” envolvendo trocas de ações, que dará origem a uma nova empresa avaliada em 20 bilhões de dólares, considerando-se a dívida líquida (“enterprise value”).

A empresa resultante da fusão será chamada HuntsmanClariant. A combinação das empresas criará uma companhia global líder em especialidades químicas, com vendas de aproximadamente 13,2 bilhões de dólares.

Em comunicado, as companhias informam que a assinatura de um acordo definitivo de fusão já foi aprovada por unanimidade pelos respectivos conselhos de administração.

Segundo as empresas, a combinação das operações possibilitará crescimento significativo em mercados mais rentáveis e geração de valor de mais de US$ 3,5 bilhões, diante de sinergia anual de custos da ordem de US$ 400 milhões, a ser capturada integralmente em dois anos a partir do fechamento da operação.

A nova companhia terá sede na Suíça e terá conselho de administração com o mesmo número de representantes da Clariant e Huntsman. Hariolf Kottmann, atual executivo-chefe da Clariant, deve ser nomeado à presidência do conselho de administração da HuntsmanClariant e Peter Huntsman, hoje presidente da Huntsman, será o executivo-chefe da empresa.

A Clariant e a Huntsman têm operações no Brasil.

Comentários


menu
menu