CCGL adota nova linha de envase SIG Combibloc

sig

Como parte do projeto de ampliação de sua planta em Cruz Alta, interior do Rio Grande do Sul, a CCGL (Cooperativa Central Gaúcha Ltda) iniciou em dezembro, mais uma linha de envase da SIG Combibloc. A nova linha CFA 712, com capacidade para 12 mil embalagens/hora, trabalhará, inicialmente, apenas com creme de leite em embalagens cb7 de 200 ml. O projeto de ampliação dessa planta da CCGL, finalizado em setembro passado, consumiu um investimento de R$ 120 milhões.

“Há três anos instalamos a primeira linha SIG na CCGL, também uma CFA 712, que envasa o achocolatado Choco Latte e creme de leite em embalagens cb7 de 200 ml. Os resultados da parceria e da operação têm sido tão positivos, que a CCGL sentiu-se confiante em apostar novamente na tecnologia da SIG neste importante projeto de ampliação de capacidade“, comenta Antonieta Hilst, diretora Regional América do Sul.

Guillermo Dawson Jr., diretor Superintendente da CCGL, atesta o sucesso da parceria com a SIG e acrescenta: “Também pesou muito em nossa decisão o fato das linhas da SIG terem perdas mínimas durante a produção. Nossas máquinas têm o segundo melhor resultado do mundo na SIG. Alia-se a isso o fato do custo de operação ser reduzido e a produtividade excelente.“

Fundada em 1976, a CCGL é hoje uma das maiores cooperativas do Brasil, com três unidades de negócios, segmentadas em: desenvolvimento de tecnologias agropecuárias, fabricação e comercialização de lácteos e operações logísticas. Suas 39 cooperativas associadas representam 170 mil estabelecimentos rurais, de 350 municípios do Estado do Rio Grande do Sul. Uma das prioridades da empresa é a produção sustentável que garante qualidade superior aos seus produtos.

Uma de suas divisões de negócio é a CCGL Lac, criada em 2008 como uma unidade de processamento de leite, em sua sede, em Cruz Alta. Outro diferencial da empresa é que os principais pontos de coleta do leite na região também estão próximos a Cruz Alta, garantindo um processamento rápido e a melhor qualidade do leite, uma vez que não há longas distâncias a serem percorridas e o período de armazenamento é reduzido.

Comentários


menu
menu