A importância de um bom posicionamento de marca

Por Lucas Saad*

*Lucas Saad, fundador e diretor da consultoria saad branding+design (www.saad-studio.com), de Curitiba (PR), é consultor e especialista em branding

*Lucas Saad, fundador e diretor da consultoria saad branding+design (www.saad-studio.com), de Curitiba (PR), é consultor e especialista em branding

Você já parou para refletir se sua marca está sendo relevante para o seu público? Ou melhor, você sabe como tornar a sua marca relevante para o seu público? Eu te dou essa resposta: posicione-a bem. Posicionar uma marca é criar estrategicamente um espaço para ela na cabeça das pessoas. Pode ser o mais rápido, o mais gostoso, o melhor (ou até mesmo o segundo melhor) etc.

É importante sempre ter em mente que se trata de uma promessa que será um diferencial, mas que deve, de fato, ser entregue. É necessário que esse diferencial seja claro, que qualifique a marca como única e que faça as pessoas entenderem porque devem escolher o seu produto ou serviço em detrimento do concorrente.

Esse é o papel da gestão estratégica de marcas, ela equaliza o lado emocional e racional para posicionar uma marca, criando um determinado espaço para ela na cabeça das pessoas. O lado emocional diz respeito ao que o público deseja, às suas expectativas em torno daquela empresa, ao passo que o racional trata de metas e objetivos corporativos, além dos atributos funcionais.

Essa parte do processo é de extrema importância, pode e deve ser aplicado tanto para novas marcas, que almejam entrar no mercado, quanto para o reposicionamento de marcas que já estão atuando e desejam redefinir sua competitividade.

O conceito de posicionamento foi introduzido e popularizado por Al Ries e Jack Trout, acordo com os autores, começamos a posicionar uma marca por um produto, um serviço, uma empresa ou até mesmo uma pessoa, mas há de se prestar atenção que o posicionamento é feito, de fato, na mente do público.

E, levando em consideração a quantidade massiva de informações à qual as pessoas estão expostas diariamente, o melhor pensar em um posicionamento com uma mensagem simples e direta, mas que deve responder a algumas questões como a credibilidade: As pessoas podem acreditar na promessa? Relevância: As pessoas se importam com a promessa? Alcance: Isso pode durar? Inspiração: Isso envolve emocionalmente as pessoas? Diferenciação: Poucos podem verdadeiramente se apropriar disso?

Quanto à essência desse processo, ela é imutável e intangível, o posicionamento se caracteriza pela sua natureza prática. Ele pode mudar de acordo com a situação ou contexto. Isso, contudo, não o torna menos importante, ao contrário, é ele quem define e caracteriza a promessa da marca.

Comentários


menu
menu