Bag-in-box tem formato especial para impressionar consumidor

Reportagem publicada na revista EmbalagemMarca 203, julho de 2016. Para assinar, clique AQUI.

Viajes De Un Catador-01Clube de vinhos sediado em Barcelona, a Viajes de un Catador (“Viagens de um Provador de Vinhos”, em tradução para o português) decidiu oferecer para seus assinantes variedades da bebida acondicionadas em bag-in-box. Esse tipo de embalagem, composto por uma bolsa plástica com torneira acomodada numa caixa de papelão ondulado ou papel cartão, já é de grande uso no mercado vinícola. O exemplar adotado pela empresa espanhola, porém, se destaca pelo formato peculiar do recipiente externo, cujo propósito vai além de impressionar o público.

A caixa, idealizada pela agência de design catalã Nutcreatives, é formada por uma série de dobras em figura de triângulo. O recurso permite trabalhar as faces da embalagem em forma de diamante (losango) e sustenta a proposta de que o recipiente seja aproveitado, após o consumo do conteúdo, como brinquedo. A ideia é que pais recortem conjuntos de triângulos e os deem para crianças montarem figuras através de dobraduras.

O papelão ondulado empregado tem aparência parda (kraft) e é fornecido à Viajes de un Catador já com vincos e corte final pela Gràfiques APR, responsável também pela impressão do rótulo de papel afixado à embalagem. Informações sobre o processo de envase e sobre o provedor da bolsa de laminado plástico, com capacidade de 3 litros, não são divulgadas. Além da sustentabilidade e da ludicidade, o bag-in-box traz ainda a praticidade como apelo. Seu topo incorpora uma alça de papelão que facilita o manuseio e o transporte, dispensando o uso de uma sacola, e que permite pendurar o produto em displays, nas lojas, ou em suportes, na casa dos consumidores.

Viajes-De-Un-Catador-05

Dobras da caixa compõem um visual chamativo. Recortadas, transformam-se em peças de montagem. Alça integrada à embalagem facilita o manuseio

Viajes De Un Catador-07

Comentários


menu
menu