Óleo vegetal tem embalagens ainda mais leves

ADM_Embalagem_ 2016

A Archer Daniels Midland (ADM), produtora dos óleos vegetais Vitaliv, Concórdia e Corcovado, dá novo passo no filão da sustentabilidade, que adotou em 2013, ao promover uma redução de 20% na quantidade de plástico utilizada na fabricação das garrafas daqueles produtos e de 60% nas tampas. Agora, além de introduzir nova redução – de 12% no uso de resinas termoplásticas dos recipientes, de apenas 15 gramas de peso –, adotou um rótulo transparente que afirma ser o primeiro do mercado na categoria e “mais sustentável”. Com isso, “a redução acumulada de plástico nas embalagens da ADM já alcança 32% nas garrafas e 60% nas tampas”, diz Marcio Baio, gerente de inovação e tecnologias da ADM a América Latina.

Segundo o executivo, para compensar a redução no uso de plástico foi desenvolvido novo design da garrafa, com curvas que asseguram maior solidez e resistência a pressão, impedindo que escorregue da mão. Esse formato possibilitaria também melhor controle do fluxo do óleo entornado, reduzindo o risco de desperdício. Dentre os benefícios ambientais da nova embalagem a empresa aponta a otimização na logística de transporte da matéria-prima utilizada em sua fabricação e redução no volume de combustível consumido pelos caminhões para expedição. O novo design e sua patente foram desenvolvidos pela equipe de tecnologia da ADM.

Comentários


menu
menu