ABRE e CETESB lançam documento sobre papel da embalagem na economia circular

Com o objetivo de apoiar o atendimento à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), bem como colaborar com a discussão do papel da embalagem na economia circular, será lançado no dia 12 de abril o documento “Embalagem e Sustentabilidade: Desafios e orientações no contexto da Economia Circular”. É o primeiro projeto decorrente da assinatura, em setembro de 2015, do Termo de Cooperação Técnico-Científica entre a ABRE (Associação Brasileira de Embalagem) e a CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) que tem como missão a identificação e divulgação de boas práticas ambientais para projetos de embalagens de bens não duráveis e duráveis.

O conteúdo foi elaborado pelas duas entidades e redigido pelo CETEA (Centro de Tecnologia de Embalagem) do ITAL (Instituto de tecnologia de Alimentos). O documento traz uma análise aprofundada sobre o papel da embalagem no contexto da sustentabilidade, contribuindo para fomentar a transição dos modelos de negócios, de utilização de recursos naturais e geração de resíduos do linear para o circular.

A publicação fortalece a implementação da PNRS, prioriza os conceitos de não geração de resíduos, reuso e revalorização, alinha a cooperação entre as diferentes esferas do poder público, o setor empresarial e demais segmentos da sociedade para a transição para um modelo de valorização e uso de recursos, buscando a redução de perdas e desperdícios, e reconhecendo o resíduo sólido reutilizável e reciclável como um bem econômico e de valor social.

Comentários


menu
menu