Schincariol agora é Brasil Kirin

Um ano após a aquisição de 100% da Schincariol, a japonesa Kirin muda o nome da sua subsidiária de brasileira, que agora se chama Brasil Kirin. De acordo com o presidente empresa, Gino Di Domenico, as conversas para o novo posicionamento institucional começaram há seis meses e os investimentos fazem parte dos cerca de 480 milhões de reais previstos para o ano.

Segundo Di Domenico, as marcas continuam com os mesmos títulos. O novo nome é somente institucional e será inserido nas embalagens dos itens da empresa.

O logotipo possui um ideograma, que nasceu da inspiração nos quatro elementos da natureza, por isso, é composto de símbolos que representam a terra, o ar, o fogo e a água. As cores refletem a força do verde e do amarelo do Brasil e o vermelho da marca japonesa. O ideograma completo representa água, em japonês, principal recurso utilizado na produção de bebidas.

Segundo o executivo, ainda que há estudos para a Brasil Kirin vender os produtos da Kirin no Brasil a partir de 2013, que seriam com foco em bebidas alcoólicas e não alcoólicas, inclusive em categorias que a antiga Schincariol não atuava.

A Brasil Kirin tem em seu portfólio as marcas de bebidas alcoólicas Nova Schin, Schin No Grau, Devassa, Baden Baden, Eisenbahn, Cintra e Glacial, e não alcoólicas Água Schin, Schin Tônica, Schin Refrigerantes, Itubaína, Mini Schin, Fruthos e Skinka.

A companhia possui 10 mil funcionários no País e tem 16,6% em participação do mercado nacional de cervejas e 6,83% em refrigerantes, conforme dados de outubro do instituto de pesquisas Nielsen. Até outubro, as vendas em volume de cerveja cresceram 9,9%, ante 3,64% do mercado, na comparação com o mesmo período do ano passado.

 

 

Comentários


menu
menu