Ibema divulga vencedores do 2º Premio de Gravura

A Ibema divulgou os vencedores do 2º Prêmio Ibema Gravura. O concurso teve 119 trabalhos inscritos e, no último dia 30, na sede da Ibema, em Curitiba (PR), o júri se reuniu para analisar e selecionar 20 trabalhos que farão parte do catálogo oficial do Prêmio, além de escolher os três vencedores (veja trabalhos abaixo).

O júri foi composto por Fabio Mestriner, designer gráfico e coordenador do Prêmio Ibema Gravura, pela artista plástica Uiara Bartira, professora da Escola de Música e Belas Artes do Paraná e pelo presidente da Abigraf Nacional, Fábio Mortara.

Segundo Mestriner, os critérios utilizados para a avaliação dos trabalhos foram a linguagem contemporânea da imagem, a qualidade técnica de impressão e a edição prevista no regulamento.

Alexandre Camanho obteve o primeiro lugar com a obra “A Memória”, utilizando a técnica gravura em metal: água forte, buril, ponta seca, agua tinta e lavis.

O segundo lugar ficou para o artista Alexandre Pyles do Amaral com a obra “Homem com Polvo”, utilizando a técnica de xilogravura em duas cores.

O terceiro lugar ficou com Carmem Salazar de Araújo com a obra “Paisagem Ocasional”, usando como técnica a serigrafia.

A Ibema está preparando um vernissage, que será realizada na sede da Escola de Belas Artes e Música do Paraná (Embap), em Curitiba, no próximo dia 5 de novembro, com o objetivo de premiar os três primeiros colocados, além de apresentar as 20 obras selecionadas para a exposição e para o catálogo oficial.

A Memória, de Alexandre Camanho, 1º lugar

Homem com Polvo, de Alexandre Pyles do Amaral, 2º lugar

Paisagem Ocasional, de Carmem Salazar de Araújo, 3º lugar

Comentários


menu
menu