Coca-Cola Brasil anuncia construção da maior fábrica de Bio-Meg do mundo

Conforme antecipado pela revista EmbalagemMarca em março deste ano, a Coca-Cola Brasil e a empresa indiana JBF Industries assinaram nesta quinta-feira (27/9) o protocolo de intenções para a construção da maior fábrica do mundo da resina Bio-Meg, resina utilizada na produção da PlantBottle, garrafa de PET de origem vegetal. A planta ficará na cidade de Araraquara, no interior de São Paulo.

Produzido a partir do etanol de cana-de-açúcar, o Bio-Meg compõe 30% da matéria-prima da PlantBottle, utilizada no Brasil nas embalagens de Coca-Cola e da água Crystal Eco (sem gás). Os 70% restantes do material são compostos pelo ácido teraftálico (PTA), que junto com o Bio-Meg forma a resina PET.

Atualmente, apenas uma fábrica na Índia produz a resina à base de cana-de-açúcar, e é responsável por fornecer a matéria-prima para a Coca-Cola em todo o mundo, inclusive para o Brasil.

A unidade, que será construída pela JBF, deverá começar a operar em 2015 e terá capacidade de produzir até 440 mil toneladas da resina por ano. A Coca-Cola se comprometeu a adquirir a totalidade da produção nos três primeiros anos de operação. O  investimento na nova planta – assumido pela JBF – é de 1 bilhão de reais.

Com a nova unidade, o Brasil se tornará o maior produtor e exportador de Bio-Meg do mundo, com capacidade de produção estimada em 500 mil toneladas/ano, gerando 1.650 empregos diretos e indiretos.

O vice-presidente de comunicação e sustentabilidade da Coca-Cola Brasil, Marco Simões, diz que cerca de 20% da produção da nova fábrica serão destinados ao Brasil. O restante irá para as Américas e para a Europa. A unidade da JBF na Índia ficará responsável pelo  fornecimento aos países orientais.

 

 

Comentários


menu
menu