Programa de inovação da Brasilata completa 25 anos e 1 milhão de ideias

O Projeto Simplificação, programa de inovação interna criado pela Brasilata, completa 25 anos neste mês de agosto. A fabricante de embalagens metálicas comemora também a marca de 1 milhão de ideias apresentadas por seus colaboradores desde a implantação da iniciativa.

No início, o Projeto Simplificação baseava-se no recolhimento de ideias de funcionários por meio de urnas de sugestões colocadas nas fábricas da empresa. Hoje, os profissionais dispõem de um sistema on-line para apresentar suas ideias e acompanhar o andamento das propostas. O acesso ao sistema é livre para qualquer funcionário, que pode navegar por suas telas para verificar o status de propostas, enviar sugestões e conferir as ideias apresentadas por áreas ou unidades.

No decorrer de 2011, o Projeto Simplificação registrou 137 223 sugestões de seus “inventores”, como são formalmente considerados os colaboradores da empresa, que faturou 437 milhões de reais naquele ano e mantém uma equipe com 900 funcionários, distribuídos nas unidades de São Paulo, Estrela (RS), Rio Verde (GO) e Recife. O resultado equivale à média de 150 ideias por “inventor” no período.

A milionésima ideia foi uma proposta para aprimorar a paletização de latas de tintas. Concebida por seis funcionários da unidade Rio Verde (GO), a proposta permitiu o aumento do número de latas de aço acondicionadas no processo de paletização, gerando a redução de custos com embalagens e despesas com frete, além de otimizar o espaço de armazenagem.

De acordo com o CEO da Brasilata, Antonio Carlos Teixeira Álvares, o foco do Projeto Simplificação não é, exclusivamente, o aumento de produtividade, mas a manutenção de um ambiente sempre inovador. “A proposta é promover pequenas melhorias, com inovações contínuas, processo que envolve desde os profissionais iniciantes até a diretoria”, afirma.

Comentários


menu
menu