Investimento em cooperativa de reciclagem aumenta renda de catadores

A AkzoNobel, por meio da Divisão Especialidades Químicas, situada em Itupeva (SP), investiu aproximadamente 80 mil reais, entre 2010 e 2011, na recuperação da Cooperativa de Recicladores do Município de Itupeva (CRI). A ação teve como objetivo conscientizar funcionários, cooperados e a população sobre a importância da coleta seletiva e como forma de promover o desenvolvimento sustentável.

Composta, em sua maioria, por catadores de rua sem formação profissional ou grau de instrução, a CRI não conseguia atender toda a região, devido à falta de equipamentos adequados, como prensa e esteira rolante. As condições de trabalho eram precárias e a falta de divulgação da importância da coleta seletiva, bem como a falta de experiência dos cooperados para negociar a venda dos materiais recicláveis, dificultava o crescimento da cooperativa. Com o investimento, a cooperativa conseguiu modernizar sua estrutura e comprar novos equipamentos, como esteira, prensa e empilhadeira.

Após quase dois anos de projeto, a CRI conta hoje com 26 colaboradores e a renda mensal por cooperado subiu para 850 reais (alta de 73% sobre os 490 reais de antes). No ano passado, foram comercializados, em média, 81 toneladas de materiais recicláveis por mês, um aumento de 76% em relação a 2010.

Comentários


menu
menu