P&G vai trocar PVC por PET nas embalagens

A Procter & Gamble (P&G) prepara-se para eliminar o PVC de todas as suas embalagens nos Estados Unidos. A multinacional de bens de consumo, dona de marcas como Gillette, Tide, Pantene e Ariel aposta no PET devido à facilidade de reciclagem.

“É um desafio encontrar alternativas tecnicamente eficazes e acessíveis para o PVC. No entanto, em parceria com os nossos fornecedores de embalagens, temos superado muitos destas barreiras”, afirmou a empresa em nota divulgada à imprensa.

A P&G começou a evitar utilizar PVC em suas embalagens nos anos 90, quando o material começou a ser criticado, sobretudo por questões relacionadas à sua compatibilidade com a reciclagem de plásticos. Hoje, o PVC representa apenas 1,5% da utilização total de materiais de plástico nas embalagens.

“A P&G considerará DPET (PET termoformado), bem como outras variantes de PET, na avaliação de opções de embalagem que atraiam os consumidores, protejam o produto em toda a cadeia de distribuição, equilibrando as necessidades de sustentabilidade e meio ambiente”, finaliza a nota.

 

Comentários


menu
menu