Fabricantes criam associação para reciclagem de embalagens de aço

Foi anunciada oficialmente nesta quinta-feira (19/1), a criação da Associação Prolata Reciclagem, instituição sem fins lucrativos que visa reciclar embalagens de aço pós-consumo. A Prolata recebeu investimento inicial de 1 milhão de reais de empresas fabricantes de embalagens de aço.

Prevista para estar em pleno funcionamento ainda no primeiro trimestre de 2012, a Prolata ocupará uma área de quase 1 000 metros quadrados em São Paulo (o local ainda não foi definido). A unidade será equipada com eletroímãs, esteiras de classificação, balança eletrônica e prensa hidráulica de alta capacidade. O espaço terá capacidade para receber diariamente até 20 toneladas de embalagens vazias, que serão classificadas, prensadas e enviadas para siderúrgicas transformarem o material em novas chapas metálicas. De acordo com Fernando Mourão, presidente recém-eleito da Prolata e diretor da Abeaço (Associação Brasileira de Embalagem de Aço), a instituição será a primeira no Brasil a trabalhar formalmente dentro das normas da PNRS – Política Nacional de Resíduos Sólidos. “A ideia da Prolata é conscientizar a população sobre reciclagem de embalagens de aço pós-consumo e estimular a coleta seletiva”, explica Mourão.

O aporte inicial foi feito por 15 empresas afiliadas à Abeaço que, como Associada Honorária, ajudará no desenvolvimento das atividades da Prolata. “A nova entidade atuará principalmente na formação gratuita de pessoas para a coleta, separação, embalagem e transporte de sucata de aço e na consultoria, também sem ônus, a associações e cooperativas para a implantação e operação de centros de reciclagem de materiais de aço”, diz Thais Fagury, gerente executiva da Abeaço.

As embalagens serão pagas diretamente ao consumidor ou às cooperativas de catadores, hotéis, restaurantes, lojas, condomínios e clubes, ou qualquer outro interessado que levar o material até a Prolata. O preço de aquisição da sucata de aço será definido com base no preço geral de mercado vigente à época da abertura da associação e provavelmente será fixo por período.

Fazem parte da Prolata as seguintes empresas:

Aro

Brasilata

Cerviflan

Companhia Metalúrgica Paulista (CMP)

Prada

JBS

Litografia Valença

Metalgráfica Iguaçu

Metalúrgica Mococa

Módulo Embalagens

Novalata

Renner Hermann

Rimet

Silgan White Cap

Rojek

 

Comentários


menu
menu