Revista Embalagem Marca
Publicado em 18/10/2011 23h00

Halls XS

Usuário

  • Kraft Foods

 

Fornecedor citado

  • Brasilgrafica

 

Renovar a marca e viabilizar novas situações de consumo foi a rota de aumento das vendas de Halls. A nova embalagem portátil, de papel cartão, com conceito de gaveta e zíper para abertura, é feita em peça única e impede acesso externo ao conteúdo. Para garantir visual sofisticado, foram aplicados verniz alto brilho, relevo e hot stamping.

O quilo de Halls XS é comercializado por valor cinco vezes maior do que o do produto convencional.

Depoimento de José Carlos Dansiguer, da Kraft Foods:

Veja aqui outros cases vencedores

Tags:

  • Angela Tabata disse:
    29 de março de 2012 às 9:36

    A embalgem do Hallsxs é HORRIVEL, pois a partir da terceira vez que vamos tentar pegar uma pastilha, o fundo da caixa amassa por completo e quase rasga, ficando completamente deformada e dificultando pegar as outras 27 pastilhas!!!!!!
    Sugiro embalagem como a do TIC TAC que nunca se deforma.
    Angela.

  • Renato disse:
    29 de maio de 2012 às 9:13

    Sugiro que alguem desta empresa tenha um bom senso e/ou pelo menos tente utilizar esta nova embalagem do halls xs por alguns dias para ver que pessima ideia foi esta. Sei que não dá para agradar “gregos e troianos” mas “pelo amor”. Quem teve esta ideia é parente do dono?

  • João disse:
    18 de julho de 2012 às 8:59

    Concordo plenamente com os comentarios acima! Gosto muito do halls xs, compro direto, mas a embalagem dele é sem condicoes!! Da raiva no cara. Nao funciona!!! O fundo da caixa sempre amassa, rasga, espalha os halls por tudo, nada pratico… sugiro um refactory geral dessa embalagem e por favor TESTEM ela!!!

  • Gilson disse:
    27 de fevereiro de 2013 às 17:37

    Não tiro o mérito inovador mas vocês estão COMPLETAMENTE CERTOS. Gosto muito do HALLS XS mas essa nova embalagem é um pesadelo. A proposta foi muito boa, mas deixa a desejar na usabilidade, mesmo com as instruções no verso. Além disso, as deformações com o uso são inevitáveis, ou seja, mais frustração no consumidor. Talvez uma mudança na gramatura do papel ou até mesmo escolha de um novo material minimize esse impacto negativo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *