Braskem e Basf anunciam acordo para criação de polo acrílico no Brasil

A Braskem firmou acordo com a Basf para o fornecimento de propeno e soda para o projeto em escala mundial de ácido acrílico, acrilato de butila e polímeros superabsorventes (SAP) no Brasil. A Basf irá investir mais de 750 milhões de dólares na construção de fábricas no Polo de Camaçari, na Bahia, que serão as primeiras a produzir ácido acrílico e SAP no Brasil e na América do Sul. O investimento da Braskem será na ordem de 30 milhões de dólares.

O propeno a ser fornecido pela Braskem será a principal matéria-prima para a produção de ácido acrílico, utilizado em tintas, indústria têxtil e no setor de mineração, entre outros, bem como acrilato de butila, insumo para a indústria têxtil e construção civil, e polímeros superabsorventes, que são usados para produzir fraldas, para tratamento de água e extração de petróleo, entre outras aplicações.

O volume de propeno previsto no contrato atualmente é destinado pela Braskem à exportação. Com o acordo, o produto passará a ser consumido no mercado interno.

 

Comentários


menu
menu